A Fúria Feminina!

Posts com tag “Bikini Kill

TPMídia ON RADIO #13

Nesta última edição do TPMídia, o Primeira Página trouxe a problemática da obrigatoriedade do Enen e a “preocupação ambiental” do Tribunal Eleitoral.

No Crítica no Plural, Helena Sylveste faz uma comparação entre a abordagem da Carta Maior e Veja sobre visita de Camila Vallejo ao Brasil. Já Helena Ometto discute o enfoque sobre os 10 anos dos atentados de 11 de setembro pelos canais da Globosat.

E no De Volta Para o Futuro, trouxemos o enfoque feminino do movimento Grunge e o perfil de Joss Stone

Anúncios

Dia Mundial do Rock

Hoje, 13 de julho, mais conhecido como dia mundial do rock. Claro que o TPMídia não podia deixar de fazer sua homenagem a algumas personalidades femininas que marcaram o cenário rock n’ roll.

The Donnas é um grupo de hard rock formado em1993.Amigas desde o ginásio, aos 14 anos começaram a ensaiar e provocar a todos com suas letras e seu som pesado e irreverente. Inicialmente a banda se chamava Ragady Anne, dois anos mais tarde, mudam o nome para The Donnas. Brett Anderson, Allison Robertson, Maya Ford, e Torry Castellano alcançaram o sucesso com o álbum American Teenage Rock And Roll Machine.


Bikini Kill foi uma banda de punk rock dos anos 90 formada por Kathleen Hanna, Tobi Vail e Kathi Wilcox e tinham o intuito de lançar um fanzine, também chamado Bikini Kill. Liderado por Kathleen Hanna quem escreveu a maioria das canções, acabou se tornando uma das maiores banda entre o cenário das riot grrrls. Kathleen e o Bikini Kill não estavam preocupados em vender uma imagem, mas sim, uma mensagem feminista de fortalecimento e crescimento num cenário dominado pelos homens. A música pode ser classificada como punk, mas a música do riot grrrl é feminista e direcionada às jovens, transmitindo auto-respeito e união e pregando o respeito a cada indivíduo.

A idéia de formar o L7 surgiu em 85 quando Suzi Gardner conheceu Donita Sparks em Los Angeles. Em 1986, depois de muitos ensaios, a banda se consolidou e  Jennifer Finch se tornou a baixista do recém formado L7. A partir daí a banda passa a fazer vários concertos em clubes da cidade, com Suzi e Donita nos vocais e guitarras, Jennifer no baixo e o baterista Roy Koutsky completando a formação. A banda se desfez em 2000, mas seu fim não foi declarado oficialmente pelas integrantes.

Garbage foi formado em 93 e integrada por Shirley Manson, Butch Vig, Steve Marker e Duke Erikson. Bem antes de se iniciar o Garbage, três de seus integrantes já tinham uma vasta experiência com música. Butch Vig, o baterista, teve a maior notoriedade no meio sendo produtor de álbuns excepcionais como Nevermind (Nirvana), Siamese Dream (Smashing Pumpkins) e Dirty (Sonic Youth). Steve Marker e Duke Erikson também eram produtores. Porém o Garbage só foi tomar forma mesmo, após a entrada de Shirley Manson em 1995. Os garotos acabaram conhecendo Shirley pelo programa 120 Minutes da MTV americana, tocando com o Angelfish.

 

Patti Smith é uma poetisa, cantora e musicista norte-americana. Ela tornou-se proeminente durante o movimento punk com seu álbum de estréia, Horses em 1975. Conhecida como “poetisa do punk”, ela trouxe um lado feminista e intelectual à música punk e tornou-se uma das mulheres mais influentes do rock and roll.

 

Debbie Harry ganhou fama por ser a vocalista e líder da banda Blondie. Após o despertar ao sucesso, Deborah desenvolveu carreira solo como cantora, gravando cinco álbuns e também como atriz, atuando em mais de 30 filmes.

Siouxsie & The Banshees  foi uma banda britânica formada em Londres em 1976. A base principal do grupo era a parceria nas composições de Siouxsie Sioux e Steven Severin. Alguns críticos consideram como a banda de pós-punk mais importante a surgir no cenário musical britânico.  A banda se separou em 1996 em meio a um crescente número de desentendimentos entre Siouxsie e Severin.

Suzi Quatro nasceu em uma família católica e musical, em Detroit e começou sua carreira musical aos quatorze anos. Já tocou baixo nas bandas femininas Pleasure Seekers e Cradle com suas irmãs Patti, Nancy, e Arlene. Patti Quatro mais tarde se juntou à banda Fanny, uma das primeiras bandas de rock só com mulheres para ganhar a atenção nacional. Suzi Quatro mudou-se para o Reino Unido em 1971, após ser descoberta em Detroit pelo produtor musical Mickie Most.

Kittie foi formada em 1996, mas só conheceu o sucesso em 1999, quando a faixa Brackish tornou-se um hit único. A banda também apoiou, durante o início da década de 2000, o Slipknot em turnê pelo Reino Unido, abrindo-lhes vários concertos aumentando a popularidade da banda.

Gathering – Em 1989 os irmãos René Rutten e Hans Rutten juntaram-se a Bart Smits para formar uma banda. Mais tarde a formação ficou completa com a entrada de Hugo Prinsen Geerligs,Jelmer Wiersma e Frank Boeijen. Em 1995 Anneke van Giersbergen entra para a banda e eles lançam seu terceiro álbum. Em 2006 é lançado o álbum Home, com sonoridade etérea e em grande parte sintetizada. Anneke van Giersbergen ganha um Devil Award, na categoria de melhor cantora. Em 2007 Anneke deixa a banda para se dedicar a um novo projeto chamado Agua de Annique. Apesar de rumores a respeito de uma possível volta aos vocais masculinos, a cantora Silje Wergerland é escalada para o posto.

Gostaria de ter citado muitas outras mulheres e bandas como exemplo, mas daí o post ficaria imenso! Antes tarde do que nunca, a homenagem do TPMídia ao Dia Mundial do Rock \m/

Juliana Baptista

Juliana Baptista