A Fúria Feminina!

O tempo não para…

Hoje é o meu dia de postar aqui no TPMidia, mas estava sem grandes idéias e inspirações. Eis que, assistindo ao Jornal da Globo, vi uma matéria sobre a noite de autógrafos que Lucinha Araujo fez em um shopping no Rio de Janeiro para lançar seu novo livro.

Nesta quarta-feira,dia 18 de maio, Lucinha Araújo, mãe do cantor Cazuza, autografou vários exemplares de sua mais nova obra sobre a trajetória de seu filho.

A obra se chama “O tempo não pára – Viva Cazuza”, um dos maiores sucessos musicais do cantor. O livro foi lançado pela Globo Livros, e conta a história de como Lucinha conseguiu superar a dor da perda do filho e tomar a frente da ONG Sociedade Viva Cazuza, que dá suporte à crianças e adolescentes portadores do vírus da AIDS, o HIV.

Lucinha dá vários depoimentos pessoais ao longo da história e conta qual era seu sentimento logo que a doença se tornou uma epidemia no país. O livro também traz histórias das crianças atendidas pela Sociedade Viva Cazuza, questionamentos de Lucinha e depoimentos de pessoas que cruzaram e deixaram impressões na vida do cantor.

 A mãe de Cazuza disse que sentiu certo receio de dividir o livro com os amigos do filho, até porque “relações amorosas e de amizade são muito diferentes”, mas ela resolveu dar voz a alguns que têm do que recordar, como Ney Matrogrosso, Sandra de Sá, Frejat, Ezequiel Neves, Nilo Romero, George Israel e Serginho, “única pessoa com quem Cazuza teve um relacionamento duradouro”. O livro traz, ainda, fotos do cantor, de seus amigos e da entidade, e uma cronologia da Aids.

 Na noite de autógrafos estavam presentes muitos fãs, artistas e amigos de Cazuza, como Ney Matogrosso, que chegou a namorar o cantor na década de 80, e George Israel.

Todo mundo sabe que Lucinha leva o nome de Cazuza em todos os seus projetos e foi o melhor jeito que encontrou para superar a perda do filho e fazer o bem a outras pessoas, além de lutar para que a AIDS, que matou seu filho, não atinja outras pessoas.

É interessante notar também o patrocínio que as Organizações Globo concederam ao projeto, indicando que acreditam na causa de Lucinha e no sucesso imortal e legado de Cazuza.

Lucinha Araujo é uma mulher que tem tudo a ver com o estilo TPMidia de ser. Ao invés de se conformar com a morte de Cazuza, ela fez disso um motivo de força para lutar contra a Aids e tudo aquilo que fez mal para seu filho. Considero uma atitude admirável e amor profundo por levar o nome do filho em todas as suas ações.

Apesar de ainda não ter lido, indico a leitura de “O tempo não para” para conhecer um pouco mais do pensamento dessa mulher e mãe que é Lucinha Araújo. Vamos ler e depois comentar por aqui? Você pode colocar sua fúria em prática também!

Helena Ometto

Helena Ometto

Helena Ometto

Anúncios

Uma resposta

  1. Mari

    Gostaria apenas de dizer o quanto me agrada o blog de vocês, para quem escrever é uma mania, ler o que nele contém é uma delícia. Parabéns =)

    20 de maio de 2011 às 11:03

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s