A Fúria Feminina!

Agenda Setting: o termo técnico das repetições

No meu post de hoje eu vou falar um pouco sobre um termo técnico bastante utilizado no Jornalismo e que pode ser de interesse público, justamente para compreender melhor as notícias veiculadas: o Agenda Setting. Mas o que seria esse tal agenda-setting?

Esse nome é utilizado para indicar quando um assunto está “tão na mídia” que aparece em todos os veículos de comunicação, seja ele, televisão, rádio, impresso, eletrônico, em todas as redes sociais e até mesmo nas conversas do cotidiano. Por isso o nome! O que acontece é uma espécie de agendamento de notícia que deve ser seguido por todos os meios de comunicação midiáticos.

Mas se engana quem pensa que essa prática é rara no jornalismo do mundo moderno. Quantas vezes não assistimos um telejornal, lemos uma revista, navegamos em um portal e a mesma notícia se repete dezenas de vezes? Essa é uma prática muito comum e a batalha dos jornalistas é disputar informações ainda não divulgadas sobre aquele mesmo assunto.

Isso mesmo, é necessário correr atrás de informações novas sobre um assunto que já foi explorado em dezenas de redações, por centenas de jornalistas. Por esse motivo podemos encontrar muitas vezes algumas informações aparentemente sem sentido e sem necessidade de veiculação em uma rede de comunicação. Mas entendam que essa também é uma função do jornalista: descobrir uma nova faceta de uma assunto já batido.

O exemplo mais claro que posso citar para vocês agora é sobre, adivinhem… O casamento real, é claro! O enlace de William e Kate está em todas, absolutamente, todas as mídias e com seções especiais em algumas delas. O assunto parece já ter enjoado e não há mais o que falar às vésperas do casamento, mas os jornalistas sempre arranjam uma nova informação, nem que seja a notícia de um japonês que esculpiu o rosto dos noivos em bananas e depois as comeu. Sim, isso é verdade. Olhe: http://oglobo.globo.com/blogs/moreira/posts/2011/04/27/japones-esculpe-rostos-de-william-kate-em-bananas-376989.asp

Bom gente, nem adianta eu colocar mais exemplos aqui por que já fizemos alguns posts sobre esse assunto aqui no blog e ainda teremos alguns outros com os desdobramentos depois do casamento (sim, podem esperar).

Gostaria mesmo de tê-los informado sobre porque essa repetição enjoativa de notícias acontece no Jornalismo. Agora vocês sabem que isso é uma técnica jornalística cujo nome é agenda-setting! O Jornalismo é feito por empresas que necessitam de lucros e tem concorrência, assim como as demais empresas. Para concorreram em igualdade todas eles optam por seguir uma agenda de noticias básica e buscar de forma independente as melhores informações e furos. Mas é claro que esse é apenas um aspecto do jornalismo, que também sobrevive dos furos de reportagem, instantaneidade das informações, imparcialidade, credibilidade e uma série de conceitos que poderão ser discutidos em novos posts!

Nesse vídeo que segue há uma explicação bastante interessante sobre esse processo de seleção de notícia e informações. O áudio está em espanhol, mas não é muito difícil de se entender:

Quem vos falou foi uma estudante do 3º ano de Jornalismo!

Mas e vocês? O que acham dessa técnica de agendamento? Podem postar suas opiniões nos comentários!

Libere essa fúria que existe em você.

Helena Ometto

Helena Ometto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s